O COLÉGIO

Nossas atividades iniciaram-se em 1997, quando um grupo de educadoras uniu seus sonhos e os mais de 30 anos de experiência nas redes pública e particular, para abrir as portas e atender crianças a partir de 1 ano, oferecendo os serviços de Educação Infantil e Ensino Fundamental.


O Luce Prima é a escolha dos pais que almejam uma escola com projeto pedagógico transparente e competente; com investimentos na formação de seus professores e equipe técnica; sempre comprometida com a qualidade da educação oferecida às crianças e aos jovens e com o cuidado e a atenção individualizada que dispensa aos alunos.

Infraestrutura - Nosso Colégio

O colégio funciona em prédio próprio, localizado no bairro Floradas São José, coração do Jardim Satélite. Devido a sua posição estratégica, combina a tranquilidade de uma rua residencial e o fácil acesso às grandes vias, que distribuem o fluxo da cidade.

O prédio foi ampliado em 2011 com o intuito de atender ainda melhor sua clientela, assegurando uma infraestrutura capaz de apoiar o desenvolvimento dos alunos nos seus diversos aspectos.
  • Salas espaçosas
  • Laboratórios equipados
  • Biblioteca
  • Refeitório
  • Pátio aberto
  • Pátio coberto
  • Quadra de esportes
  • Parque infantil

Proposta Pedagógica

O Colégio adota o material didático do Sistema Pueri Domus, elaborado a partir da concepção sócio-construtivista e exclusivo na cidade, e defende a formação de profissionais da educação como aspecto fundamental para a garantia de uma escola de qualidade.

No processo de ensino-aprendizagem, o professor deve considerar o conhecimento prévio do aluno para, então, propor situações desafiadoras, capazes de serem resolvidas pelos alunos a partir de seu repertório, da interação com outros alunos e com o professor e de subsídios oferecidos pelas fontes de pesquisa ou pelas produções culturais com as quais eles passam a ter contato.

O processo ensino-aprendizagem deve ir além do trabalho com o conteúdo factual (informações que devem ser memorizadas e reproduzidas); ele deve valorizar o trabalho com os conteúdos procedimentais (como fazer), os conteúdos atitudinais e os conceituais. Para isso, deve-se fomentar o desenvolvimento de habilidades e competências, tais como: analisar, comparar, inferir, argumentar, entre outras.

As atividades das quais os alunos participam devem possibilitar o diálogo com o mundo, levando-o a estabelecer relações entre os fatos culturais no tempo e no espaço.

A construção do conhecimento e da cidadania se dá, necessariamente, a partir da interação entre pessoas, daí a relevância do trabalho coletivo e da convivência em grupo.

O desenvolvimento da autonomia é o que possibilita a construção do conhecimento, na medida em que favorece a utilização de estratégias pessoais para resolução de problemas, a busca de informações, o poder de decisão, a auto-confiança necessária para produzir novos conhecimentos.

Cursos.

Educação Infantil
Acreditando no potencial de cada aluno, nossas classes são organizadas por faixa etária, respeitando e estimulando o desenvolvimento em todas as etapas:

Maternal I: Crianças a partir de 1 ano.
Maternal II: Crianças com 2 anos completos ou a completar até 30 de junho
Maternal III: Crianças com 3 anos completos ou a completar até 30 de junho
Pré-escola I: Crianças com 4 anos completos ou a completar até 30 de junho
Pré-escola II: Crianças com 5 anos completos ou a completar até 30 de junho

Respeitando as características de cada faixa etária, o curso de Educação Infantil trabalha os seguintes eixos:
Linguagem Oral e Escrita
Desde o desenvolvimento da oralidade até o ingresso no mundo da leitura e da escrita, as crianças são expostas a uma grande variedade de portadores e tipos de textos: contos de fadas, contos modernos, notícias, reportagens, receitas, instruções de jogo, listas, entre outros.

O trabalho com textos pressupõe a leitura pelo professor, a leitura pelo aluno (a partir das ilustrações e outros índices), a encenação, a reprodução de histórias a partir do registro pictórico, a contação de histórias pelos alunos.

Com relação à escrita, inicialmente, é o professor que exerce o papel de escriba no processo de composição coletiva. À medida que as crianças começam a lançar mão de hipóteses de escrita, elas passam a se utilizar dos textos em exposição para realizar suas próprias produções.

As propostas de leitura e escrita respeitam a função social da língua, isto é, as crianças lêem para se divertir, para aprender ou descobrir algo e escrevem com o objetivo de comunicar algo a alguém.
Raciocínio Lógico-Matemático
Desenvolver estratégias pessoais para resolução de problemas é o grande objetivo do desenvolvimento do raciocínio lógico-matemático. Esse percurso tem início com atividades de seriação, conservação e classificação, passa pelo trabalho com jogos, a partir dos quais são trabalhadas a contagem, a relação número/quantidade e a seqüência numérica, e alcança as situações-problema, que envolvem cálculos, previsões, aproximações e antecipações. Nesse percurso, é importante que as crianças sejam desafiadas e possam lançar mão de estratégias próprias, capazes de dar conta da situação.
Artes
Na Educação Infantil, o estudo das Artes tem sua base na experimentação. Experimentar formas, cores e diferentes materiais, possibilita à criança comunicar a partir da linguagem visual.

É também objetivo desse estudo oferecer aos alunos a possibilidade de conhecerem os artistas e suas obras, já que, assim como acontece com a leitura e a escrita, o repertório é de fundamental importância nessa busca pela criação, pelo trabalho de autoria.
Movimento
O desenvolvimento motor é de suma importância nessa faixa etária. Ele é estimulado a partir de atividades que favorecem o conhecimento e o reconhecimento do próprio corpo, suas possibilidades e seus limites. Trabalhada de forma lúdica, a motricidade está presente nos circuitos montados semanalmente, nos jogos com regras, nas atividades de expressão corporal.

Ela também aparece em atividades como dobraduras, recorte, colagem, pintura e tantas outras.
Sociabilização
O Brincar é, na verdade, atividade essencial na educação infantil. Através das brincadeiras as crianças iniciam seu processo de sociabilização, começam a entender a convivência em grupo e suas regras, superando gradativamente sua fase egocêntrica. O Brincar ainda permite que as crianças reconheçam os papéis sociais e possam se situar nesse contexto.
Autonomia
Favorecer o desenvolvimento da autonomia deve ser objetivo de toda proposta educacional. Esse desenvolvimento se dá a partir das atividades cotidianas, desde que o professor tenha esse objetivo e esteja atento às interferências que deve realizar. Organizar o próprio material, pegar e guardar o próprio lanche, dar recados, gerir pequenos conflitos são exemplos de posturas estimuladas desde cedo junto às crianças.
Iniciação ao Pensamento Científico
Apoiadas em apostilas criadas pela equipe pedagógica do Luce Prima, as aulas de Iniciação ao Pensamento Científico para alunos da Educação Infantil têm como objetivo geral enriquecer as experiências vivenciadas pelas crianças.

Oferecemos oportunidades para que elas experimentem ferramentas, instrumentos e situações novas, com o objetivo específico de desenvolver habilidades como: utilizar com mais autonomia as ferramentas e instrumentos; utilizar procedimentos de investigação; organizar materiais e registros; experimentar, observar, registrar e compartilhar descobertas. Inicia-se, assim, o processo de investigação científica.



Matrículas

Normalmente o período de matrículas para o ano seguinte inicia-se no mês de setembro. Antes de efetuar a matrícula, é importante o agendamento de um horário com a Coordenação para uma entrevista com os pais. Para realizar o agendamento, basta entrar em contato com a Secretaria do Colégio.

Todos os alunos matriculados contam com seguro contra acidentes ocorridos dentro ou fora da escola. Além disso, o Luce Prima mantém convênio com o pronto Atendimento EMERCOR, que faz os primeiros socorros no local e transporta o paciente até a clínica ou hospital indicado pelos pais.
matriculas